Mama Tuberosa

Mamoplastia de Aumento

A mama tuberosa é uma malformação congénita que se dá na adolescência durante o crescimento das mesmas. Pode provocar situações incómodas tanto a nível físico como psicológico, de forma que uma cirurgia mamária se torna na maior aliada para a paciente com mama tuberosa. Clínicas Dorsia, somos número 1 em cirurgias mamárias e temos mais de 100 clínicas em Espanha e Andorra, para que escolha a mais próxima de si.

DETALLES DEL TRATAMIENTO

Todas consultas médicas
Análises clínicas exaustivas
Implantes
Bloco Operatório
Anestesia geral
Revisões anuais

Tratamento da mama tuberosa

Uma grande percentagem das pacientes que procuram um aumento mamário ou mamoplastia têm um certo grau de tuberosidade e nunca ouviram falar sobre a mama tuberosa. Pode-se definir como uma mama com forma irregular. 

A mama tuberosa desenvolve-se durante a puberdade, uma irregularidade na forma em que se vislumbra um aspeto de mama “bicuda”, no entanto, em termos de função, a mama tuberosa é completamente normal. Nestes casos, a mama cresce a partir de uma base mais estreita que o normal e não abrange o polo inferior da mama. Normalmente, todas as mulheres que apresentam esta irregularidade não se sentem felizes com a forma dos seus peitos e se for uma deformidade mais acentuada pode afetar psicologicamente.

Procedimento da cirurgia da mama tuberosa

Detetar esta malformação mamária é fundamental para o êxito desta cirurgia, uma vez que a sua presença pode passar desapercebida no diagnóstico médico, e o resultado final não será o desejado, além de poder sofrer inúmeras complicações.

Passo a passo da cirurgia de aumento mamário em mama tuberosa

  1. Nas Clínicas Dorsia temos uma equipa de cirurgiões ao serviço das pacientes, esclarecendo todo o tipo de dúvidas, preocupações e explicando todos os diferentes graus de tuberosidade existentes.
  2. Em consulta, o cirurgião fará um diagnóstico geral do estado de saúde da paciente, assim como um estudo geral da forma das mamas, do tamanho da aréola e do mamilo. Em seguida, será transmitido à paciente o tipo de técnica cirúrgica que se irá utilizar para conseguir obter os melhores resultados possíveis.
  3. Realizam-se análises clínicas pré-operatórias, de acordo com as indicações do cirurgião responsável. Pode ser recomendado também a verificação de estudos de imagem como ecografias e mamografias. Estes exames preparatórios confirmarão se a paciente está apta ou não para a intervenção cirúrgica.
  4. Consoante o grau da deformação da mama e as caraterísticas da própria paciente, o cirurgião decidirá a técnica a utilizar para conseguir os melhores resultados possíveis. Realiza-se uma incisão na aréola – de forma a ocultar a cicatriz – para remodelar o tamanho. Será repartido o volume mamário e colocada a mama na posição correta alinhada com a aréola e o mamilo.

Perfil da paciente para aumento mamário em mama tuberosa

A cirurgia para a colocação de implantes numa mama tuberosa está indicada para qualquer mulher saudável e maior de idade que apresente uma mama tuberosa e queira corrigir essa irregularidade, aumentando o tamanho mamário e recuperando uma beleza e harmonia  natural.

Pós-operatório do aumento mamário em mama tuberosa

  • 48 horas após a cirurgia poderá sentir alguns desconfortos e esticões.
  • Sob supervisão médica poderá recorrer a um tratamento analgésico para reduzir essas sensações incómodas.
  • Inflamação, manchas nas mamas e moléstias ao realizar movimentos ocorrem frequentemente ao início.
  • Em alguns casos podem ser acompanhados de uma sensação de tensão e perda de sensibilidade que é normal após uma cirurgia.
  • Para obter melhores resultados, a paciente deverá seguir todas as indicações médicas facilitadas pelos nossos cirurgiões plásticos.
  • Nas Clínicas Dorsia os nossos cirurgiões plásticos continuarão a realizar revisões um ano após a intervenção, com a intenção de conhecer as impressões das pacientes e verificar se a cirurgia foi bem-sucedida.

Antes e depois do aumento mamário em mama tuberosa

Reestruturação da glândula mamária, aumento mamário, correção da aréola e expansão do polo inferior da mama. Resultados da intervenção decorridos 4 meses. 

Aumento mamário bilateral assimétrico na forma e no tamanho em mamas tuberosas.

Tratamentos relacionados

Assimetria Mamária

Mamoplastia de aumento

Aumento mamário técnica AMI

Substituição de Implantes Mamários

Redução mamária

Mastopexia

Marque a sua consulta e esclareça todas as suas dúvidas
Primeira consulta gratuita