Técnica de Transplante Capilar FUSS

Em DorsiaNeo, Unidade de Transplantes Capilares das Clínicas Dorsia, dispomos das técnicas mais inovadoras no transplante capilar. A técnica FUSS – método da tira – é uma delas, uma intervenção cirúrgica pouco invasiva realizada com anestesia local. Pode estender-se por vastas áreas e obter-se resultados definitivos e naturais.

DETALLES DEL TRATAMIENTO

Todas consultas médicas
Diagnóstico
Análises clínicas
Anestesia local
Revisões

A técnica FUSS em DorsiaNeo

FUSS, abreviatura em inglês de Follicular Unit Strip Surgery, é uma técnica de transplante capilar que consiste em extrair uma tira de 1 – 1,5cm de pele do couro cabeludo da nuca. Nessa zona existe maior abundância de cabelo e está geneticamente preparado para que nunca deixe de crescer. As unidades foliculares dessa tira são implantadas na zona recetora e sutura-se a zona da nuca de onde foi retirada a tira.

Vantagens do transplante capilar com a técnica FUSS

  • Podem-se fazer mega sessões. Extrai-se um elevado número de unidades foliculares, técnica mais eficaz para os casos de alopecia avançada. 
  • O processo de transplante capilar é mais rápido. 
  • Não necessita de rapar a cabeça para a intervenção. 
  •  Não danifica a zona doadora

Procedimento do transplante capilar com a técnica FUSS

O cabelo da zona da nuca e dos lados da cabeça cresce constantemente, pelo que se torna na zona doadora de cabelo.  Além disso, assim que implantado na zona recetora, continuará a ter as mesmas características genéticas pois está preparado para as conservar e continuar a crescer normalmente independentemente da zona em que se encontre. Com a técnica FUSS é extraído do couro cabeludo uma tira de pele da região occipital. Depois, essa tira é separada em pequenas partes com 1 a 4 unidades foliculares. A preparação e o manuseamento das unidades foliculares retiradas da tira são submetidos a um cuidadoso e meticuloso processo que requer a ajuda de um microscópio estereoscópico.

Para o implante dos folículos são utilizadas pinças de alta precisão e lupas de elevada qualidade. No decorrer da cirurgia de transplante capilar e com a finalidade de dar mais conforto ao paciente, costuma-se entreter o paciente com música, filmes ou televisão.

O tempo que leva a realizar a técnica completa depende do número total de unidades foliculares a transplantar.

Para quem está indicado o transplante capilar com a técnica FUSS

A técnica FUSS está indicada tanto para homens como mulheres que apresentem alopécia, calvície ou perdas de cabelos acentuadas. Após o diagnóstico médico tem-se em conta o tipo de alopécia e decide-se se o paciente está apto ou não para a técnica FUSS. Com esta técnica pode-se fazer uns 4.000 implantes que são aproximadamente 10.000 cabelos e permite o crescimento normal de cabelo.

Diferenças entre FUSS e FUE

A técnica FUSS e a FUE têm ambas o mesmo objetivo, a restauração capilar. A diferença entre elas é que no caso da FUE são extraídas unidades foliculares individuais, ou seja é extraído folículo a folículo até se conseguir a quantidade necessária para cobrir uma determinada zona afetada pela alopecia; enquanto que a técnica FUSS usa-se o método da tira, como explicamos anteriormente. 

Tratamentos relacionados

Técnica de Transplante Capilar FUE

Marque a sua consulta e esclareça todas as suas dúvidas
Primeira consulta gratuita